Thesaurus Brasileiro da Educação

O thesaurus é um instrumento que reúne termos escolhidos a partir de uma estrutura conceitual previamente estabelecida e destinados à indexação e à recuperação de documentos e informações num determinado campo do saber.

O Thesaurus Brasileiro da Educação (Brased) é um vocabulário controlado que reúne termos e conceitos, extraídos de documentos analisados no Centro de Informação e Biblioteca em Educação (Cibec), relacionados entre si a partir de uma estrutura conceitual da área. Estes termos, chamados descritores, são destinados à indexação e à recuperação de informações. Não é simplesmente um dicionário, mas um instrumento que garante aos documentalistas e pesquisadores o processamento e a busca destas informações.

As principais características que diferenciam um thesaurus de um simples vocabulário controlado são:

  1. No thesaurus, cada termo corresponde a um conceito. Uma vez aceito, esse termo se torna um "descritor" ou um "indexador". Caso o termo não seja aceito como "descritor", ele pode ser aceito como "remissivo", isto é, remete para um termo autorizado (descritor).
  2. Todos os termos estão relacionados entre si. Nenhum termo pode figurar no thesaurus sem estar relacionado a algum outro, sendo essa relação determinada pelo seu significado.
  3. A conceituação dos termos e as relações entre eles são definidas pelo sistema ontológico da área e pelo estudo de cada termo.

Além da sua capacidade de organização, o thesaurus também tem um valor didático, porque utiliza conceitos específicos da área do conhecimento que contempla e permite, por meio das relações entre os termos, a melhor compreensão da área.

Matriz Conceitual

Todos os termos de um thesaurus são selecionados e estruturados a partir de uma Matriz Conceitual da área. Para conceber o Thesaurus Brased, partiu-se do princípio de que a educação é o processo pelo qual o ser humano (indivíduo e coletividade) desenvolve seu intelecto, suas potencialidades, sua cultura, satisfaz suas necessidades e se torna agente de sua história interagindo constantemente com o meio. A matriz conceitual do Thesaurus Brased, portanto, coloca a humanidade no centro do sistema educacional, como mostra a imagem abaixo.

 

Matriz Conceitual

 

O Thesaurus Brased insere a educação dentro do contexto global, sem o qual não é possível compreendê-la. Na definição de seu âmbito temático foram levadas em consideração áreas que estão relacionadas com a educação. Um thesaurus de Educação, dessa forma concebido, atenderá às exigências teóricas e concretas do pensar, fazer e gerir educação dentro de uma sociedade em desenvolvimento.

De acordo com a matriz conceitual, o Thesaurus Brased compõe-se de quatro campos (ou subáreas), que delimitam a abrangência da educação.

100 - Contexto da Educação  A educação da humanidade se realiza dentro da realidade global e em interação com esta; fora desta não há educação.
200 - Escola como instituição social A Escola é a educação institucionalizada; na sociedade politicamente organizada, de fato, encontraremos todas as condições para que a educação da humanidade aconteça socialmente .
300 - Fundamentos da Educação A educação é o principal processo do desenvolvimento humano, que é pluri e interdisciplinar, isto é, muitas ciências fundamentam e integram o processo e a ação educativos.
400 - Educação: princípios, conteúdo e processo A humanidade evolui interagindo constantemente com o meio: é a educação propriamente dita com seus princípios, conteúdo e processo.

Há, ainda, o campo 900, que não é formado por descritores temáticos, mas auxilia o uso do Thesaurus.

900 - Identificadores e especificadores de informação Campo que classifica e complementa as informações relacionadas aos quatro primeiros.

Histórico

O Thesaurus Brasileiro da Educação começou a ser desenvolvido em 1980, sob a coordenação do professor Gaetano Lo Monaco. Foi criado para facilitar a pesquisa em educação. É um thesaurus pioneiro desta área no Brasil. O diferencial do Brased em relação a outros vocabulários controlados de educação do País é que os termos são selecionados e estruturados dentro de uma matriz conceitual, elaborada a partir de uma análise crítica da realidade educacional e de seu contexto.

A base conceitual na qual o Thesaurus Brased foi desenvolvido considera a educação em seu contexto global e interdisciplinar, o que permite ao estudioso analisá-la e compreendê-la em profundidade.

A origem do Thesaurus Brased é marcada por quatro datas principais:
 
1980: Inicia-se, em serviço, a listagem dos termos coletados durante a análise de documentos e na consulta a outras fontes, entre as quais o Thesaurus Eudised e o Thesaurus da Educação da Unesco;

1989: É elaborada a primeira versão experimental do Thesaurus Brased, para uso interno;

1997: Inicia-se, com a participação dos analistas do Cibec, a elaboração da segunda versão do Thesaurus;

2001: É lançada no sítio do Inep a segunda versão do Thesaurus.

Página atualizada em: 20 outubro 2015