PISA - Programa Internacional de Avaliação de Estudantes

O que é o Pisa

O Programme for International Student Assessment (Pisa) – Programa Internacional de Avaliação de Estudantes – é uma iniciativa de avaliação comparada, aplicada de forma amostral a estudantes matriculados a partir do 7º ano do ensino fundamental na faixa etária dos 15 anos, idade em que se pressupõe o término da escolaridade básica obrigatória na maioria dos países.

O Pisa é coordenado pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), havendo uma coordenação nacional em cada país participante. No Brasil, a coordenação do Pisa é responsabilidade do Inep.

Para que serve

O objetivo do Pisa é produzir indicadores que contribuam para a discussão da qualidade da educação nos países participantes, de modo a subsidiar políticas de melhoria do ensino básico. A avaliação procura verificar até que ponto as escolas de cada país participante estão preparando seus jovens para exercer o papel de cidadãos na sociedade contemporânea.

As avaliações do Pisa acontecem a cada três anos e abrangem três áreas do conhecimento – Leitura, Matemática e Ciências – havendo, a cada edição do programa, maior ênfase em cada uma dessas áreas. Em 2000, o foco foi em Leitura; em 2003, Matemática; e em 2006, Ciências. O Pisa 2009 iniciou um novo ciclo do programa, com o foco novamente recaindo sobre o domínio de Leitura; em 2012, novamente Matemática; e em 2015, Ciências. Em 2015 também foram inclusas as áreas de Competência Financeira e Resolução Colaborativa de Problemas.

Além de observar tais competências, o Pisa coleta informações para a elaboração de indicadores contextuais que possibilitam relacionar o desempenho dos alunos a variáveis demográficas, socioeconômicas e educacionais. Essas informações são coletadas por meio da aplicação de questionários específicos para os alunos, para os professores e para as escolas.

Os resultados desse estudo podem ser utilizados pelos governos dos países envolvidos como instrumento de trabalho na definição e refinamento de políticas educativas, tornando mais efetiva a formação dos jovens para a vida futura e para a participação ativa na sociedade.

Para conhecer melhor o Pisa no âmbito internacional, acesse o portal oficial do programa (conteúdo em inglês) ou assista o seguinte vídeo:

 

Cronograma PISA 2018

Janeiro e fevereiro de 2018:

  • Secretarias de educação estaduais e municipais e escolas são informadas sobre escolas amostradas.
  • Inicia-se contato do INEP/Aplicadora com representantes das escolas para confirmar participação.
  • Escolas recebem orientação sobre preenchimento/atualização do cadastro de estudantes elegíveis (estudantes matriculados a partir do 7º ano do EF, nascidos entre 01/01/2002 e 31/12/2002) – mais detalhes no Manual do Coordenador de Escola do PISA.

Março e abril de 2018:

  • Finalização do cadastro de estudantes elegíveis.
  • Realização da amostra de estudantes.
  • Escolas são informadas sobre estudantes selecionados (33 estudantes em cada escola), por meio de formulários específicos do PISA.
  • Início da aplicação das provas.

Maio de 2018:

  • Aplicação das provas.

2º semestre de 2019

  • Divulgação dos resultados em nível nacional.
Página atualizada em: 20 outubro 2015