Perguntas Frequentes

Imagem - Saeb Perguntas Frequentes

Selecione uma categoria abaixo:

1. Participação

1. Quais as principais novidades do Saeb 2019?

2. Qual a população alvo do Saeb 2019?

Conforme Art. 5º da Portaria Inep n.º 366, de 29 de abril de 2019, considera-se como população alvo do Saeb 2019:

I - todas as escolas públicas localizadas em zonas urbanas e rurais que possuam 10 (dez) ou mais estudantes matriculados no 5º e 9º ano do ensino fundamental e na 3ª e 4ª série do ensino médio (tradicional e integrado);

II - uma amostra de escolas privadas localizadas em zonas urbanas e rurais que possuam 10 (dez) ou mais estudantes matriculados em turmas de 5º e 9º ano do ensino fundamental e de 3ª e 4ª série do ensino médio (tradicional e integrado), distribuídas nas 27 unidades da Federação;

III - uma amostra de escolas públicas e privadas localizadas em zonas urbanas e rurais que possuam 10 (dez) ou mais estudantes matriculados em turmas 9º ano do Ensino Fundamental, distribuídas nas 27 unidades da Federação, para aplicação dos instrumentos de Ciências da Natureza e Ciências Humanas;

IV - uma amostra de escolas públicas e privadas localizadas em zonas urbanas e rurais que possuam 10 (dez) ou mais estudantes matriculados em turmas de 2º ano do Ensino Fundamental, distribuídas nas vinte e sete Unidades da Federação, para aplicação dos testes de Língua Portuguesa e Matemática;

V - uma amostra de instituições públicas ou conveniadas com o setor público, localizadas em zonas urbanas e rurais que possuam turmas de creche ou pré-escola da etapa da educação infantil, para aplicação exclusiva de questionários, em caráter de estudo-piloto.

3. As escolas são obrigadas a participar do Saeb?

Não. A participação é voluntária.

4. Quais os requisitos para participação das escolas no Saeb 2019?

Conforme Art. 7º da Portaria Inep n.º 366, de 29 de abril de 2019, a população a ser avaliada será definida com base nas informações coletadas, em caráter preliminar, pelo Censo da Educação Básica 2019, até o dia 31 de julho de 2019, não sendo considerados os dados incluídos em período previsto para retificação do Censo Escolar da Educação Básica 2019.

5. Há critérios para a divulgação dos resultados da escola?

Conforme Art. 19 da Portaria Inep n.º 366, de 29 de abril de 2019, por etapa avaliada, serão publicamente divulgados os resultados das escolas públicas mencionadas no inciso I do art. 5º, que cumprirem, cumulativamente, os seguintes critérios:

I - registrar, no mínimo, 10 (dez) estudantes presentes no momento da aplicação dos instrumentos;

II - alcançar taxa de participação de, pelo menos, 80% (oitenta por cento) dos estudantes matriculados, conforme dados declarados pela escola ao Censo da Educação Básica 2019, consideradas aqui as informações constantes em sua versão final, atendendo ao disposto no art. 11, § 1º, da Lei n º 13.005, de 25 de junho de 2014.

6. Se a escola tiver menos de 10 alunos matriculados na etapa avaliada, ela faz a prova?

O critério é de pelo menos 10 alunos matriculados nas etapas avaliadas, conforme dados declarados no censo para participação.

7. Qual o papel das Secretarias Estaduais e Municipais de Educação em relação às escolas participantes do Saeb?

As secretarias de educação auxiliam o Inep na articulação com as escolas avaliadas, em cada unidade da Federação.

2. Escolas Privadas

1. Qual a forma de participação das escolas privadas no Saeb 2019?

Participarão do Saeb 2019, as escolas privadas selecionadas para compor a amostra da avaliação em conformidade com o disposto no Art. 5º da Portaria Inep n.º 366, de 29 de abril de 2019.

2. As escolas privadas poderão participar mediante adesão?

Na edição de 2019 do Saeb, não haverá adesão de escolas privadas. O público-alvo da avaliação e a forma de participação estão dispostas no Art. 5º da Portaria Inep n.º 366, de 29 de abril de 2019.

3. As escolas privadas deverão obrigatoriamente participar da avaliação?

Não. Caso sejam sorteadas para compor a amostra do Saeb, as escolas poderão optar por participar. O Inep ressalta que a confirmação da participação das escolas sorteadas é muito importante, pois as informações coletadas permitem ao Inep realizar um diagnóstico da educação básica brasileira, fornecendo indicativos sobre a qualidade do ensino ofertado no país.

4. O Serviço Social da Indústria – SESI, que trabalha com a oferta do ensino fundamental, e poderá aderir para participar da edição 2019 do Saeb?

O SESI é uma entidade de direito privado, como previsto no Decreto n.º 494, de 10 de janeiro de 1962 e participa como escola privada. Na edição de 2019 do Saeb, a escola privada participa no caso de ser sorteada para compor a amostra Saeb, conforme disposto no Art. 5º da Portaria Inep n.º 366, de 29 de abril de 2019.

5. Como se dá a diferenciação de escolas participantes do Saeb que possuem o mesmo nome?

Apesar de haver escolas com nomes parecidos ou iguais, o Inep atribui Código Inep (8 dígitos) diferente para cada uma das escolas cadastradas na base do Educacenso. O Código Inep (8 dígitos) fica vinculado a cada escola para todas as ações que o Inep utiliza. Este código pode ser obtido a partir da consulta da escola ao Educacenso.

3. Aplicação

1. Quando será a aplicação do Saeb?

O período previsto para aplicação dos instrumentos do Saeb é de 21 de outubro a 01 de novembro de 2019, em todas as unidades da Federação, conforme Portaria Inep n.º 366, de 29 de abril de 2019.

2. A aplicação ocorre em quantos dias?

Na edição 2019 do Saeb, há variação na quantidade de dias de aplicação das turmas, conforme descrito a seguir:

  • A aplicação dos testes e questionários ocorre em um único dia, dentro do período estipulado, para 5º, 9º anos do ensino fundamental e 3ª e 4ª séries do ensino médio, áreas de língua portuguesa e matemática. Todos os estudantes dessas etapas respondem aos dois tipos de testes.
  • A aplicação dos testes de Ciências Humanas e de Ciências da Natureza para o 9º ano do Ensino Fundamental ocorre em um único dia, porém cada turma responde aos testes de uma única área, ou seja, Ciências Humanas ou Ciências da Natureza.
  • A aplicação dos testes de Língua Portuguesa e dos testes de Matemática para o 2º ano do Ensino Fundamental ocorre em dois dias, um dia para cada área do conhecimento.

3. Quando ocorrerá o agendamento da aplicação?

A partir de setembro de 2019, a empresa aplicadora contratada entrará em contato com a escola para agendar, em comum acordo, a data da aplicação, dentro do período estipulado, conforme Art. 9º da Portaria Inep n.º 366, de 29 de abril de 2019.

4. Qual o tempo de realização das provas?

O tempo total estipulado para a realização das provas é de duas horas e trinta minutos.

5. Como a prova é organizada?

São confeccionados tipos diferentes de cadernos de prova para cada ano/série, sendo que cada aluno responde a apenas um caderno de prova. Desta forma, dois alunos não respondem necessariamente às mesmas questões.

6. Quais são os instrumentos respondidos pelos estudantes participantes do Saeb?

Conforme Art. 11º da Portaria Inep n.º 366, de 29 de abril de 2019, serão aplicados os seguintes instrumentos aos estudantes:

IV - questionários para estudantes das turmas, para a população-alvo dos incisos I e II do Art. 5º;

V - provas de Ciências da Natureza e de Ciências Humanas para uma amostra de estudantes de 9º ano do Ensino Fundamental, tomando por referência a Base Nacional Comum Curricular(BNCC) de 2017;

VI - provas de Língua Portuguesa e Matemática para estudantes de 2º ano do Ensino Fundamental, tomando por referência a BNCC de 2017;

VII - provas de Língua Portuguesa e Matemática para estudantes de 5º e 9º anos do Ensino Fundamental e de 3ª e 4ª séries do Ensino Médio.

7. Quais os instrumentos respondidos por professores, gestores e escolas participantes do Saeb?

Conforme Art. 11º da Portaria Inep n.º 366, de 29 de abril de 2019, serão aplicados os seguintes intrumentos aos profissionais educacionais:

I - questionários para Secretarias Estaduais e Municipais de Educação, a serem respondidos pelos titulares da pasta nos Estados e Municípios;

II - questionários para Diretores de Escola, a serem respondidos pelos responsáveis legais das unidades escolares;

III - questionários para Professores das Turmas, para a população-alvo dos incisos I, II e V do Art. 5º.

Os questionários possibilitam ao Inep conhecer, essencialmente, a formação, as práticas pedagógicas, o nível socioeconômico e cultural, os estilos de liderança e as formas de gestão dos profissionais educacionais.

8. Os estudantes com deficiência poderão participar da avaliação?

Os estudantes com deficiência, transtornos globais de desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação poderão participar do Saeb 2019, desde que estejam devidamente registrados no Censo da Educação Básica 2019 e que componham a população-alvo do Saeb 2019, conforme disposto no Art. 12º da Portaria Inep n.º 366, de 29 de abril de 2019.

9. Os estudantes com deficiência poderão ser acompanhados pelos profissionais escolares na aplicação?

Os profissionais que rotineiramente acompanham os estudantes da educação especial que fazem parte da população alvo do Saeb poderão estar presentes durante a aplicação dos instrumentos, sempre que a escola considerar necessário, desde que isso seja informado no agendamento da aplicação e que o Termo de Compromisso seja devidamente assinado, conforme disposto no Art. 13º da Portaria Inep n.º 366, de 29 de abril de 2019.

4. Cálculo de Proficiência

1. Como são calculados os resultados do Saeb?

Os resultados do Saeb variam de 0 a 500. Os resultados são apresentados em uma escala de desempenho capaz de descrever, em cada nível, as competências e as habilidades que os estudantes desses sistemas demonstram ter desenvolvido.

Dentro de cada uma das disciplinas, a escala é única e acumulativa, para todas as séries avaliadas: a lógica é a de que, quanto mais o estudante caminha ao longo da escala, mais habilidades terá acumulado. Portanto, é esperado que alunos do 5° ano do ensino fundamental alcancem médias numéricas menores que os de 9° ano e estes alcancem médias menores que as alcançadas pelos alunos da 3ª série do ensino médio.

2. O aluno recebe algum resultado?

Não há boletim individual de desempenho no Saeb. Os resultados são calculados para as escolas e redes de ensino (municipais, estaduais e federais).

3. As avaliações são utilizadas no Ideb?

Sim. Os resultados do Saeb,  as taxas de rendimento escolar e as informações prestadas pelas escolas, por meio do Censo Escolar, são utilizadas no cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

4. Os resultados podem ser comparados ao longo dos anos?

Sim. A metodologia utilizada no Saeb permite que se compare o desempenho das redes e escolas ao longo do tempo.

5. Divulgação de Resultados

1. Para quais escolas são gerados resultados no Saeb?

Por etapa avaliada, serão publicamente divulgados os resultados das escolas públicas que possuam 10 (dez) ou mais estudantes matriculados no 5º e no 9º ano do Ensino Fundamental e na 3ª e na 4ª série do Ensino Médio (tradicional e integrado), que cumprirem, cumulativamente, os seguintes critérios, conforme disposto no Art. 19º da Portaria Inep n.º 366, de 29 de abril de 2019:

I - registrar, no mínimo, 10 (dez) estudantes presentes no momento da aplicação dos instrumentos;

II - alcançar taxa de participação de, pelo menos, 80% (oitenta por cento) dos estudantes matriculados, conforme dados declarados pela escola ao Censo da Educação Básica 2019, consideradas aqui as informações constantes em sua versão final, atendendo ao disposto no art. 11, § 1º, da Lei n º 13.005, de 25 de junho de 2014.

2. Como é feita a divulgação dos resultados do Saeb para a escola?

A partir de 2011, a divulgação dos resultados do Saeb passou a ser dividida em três etapas: divulgação preliminar, interposição de recursos e divulgação dos resultados finais. A divulgação preliminar é uma etapa restrita aos gestores escolares. Por meio de um sistema eletrônico, os diretores podem consultar, em um período específico determinado em portaria, os resultados preliminares da avaliação. Essa consulta apresenta o quantitativo de alunos participantes, a média e a distribuição dos estudantes na escala de proficiência. É possível então interpor recurso. Só depois de analisados os recursos é feita a divulgação final, aberta ao público.

03. As escolas que participarem de forma amostral do SAEB terão os seus resultados divulgados?

As escolas que participarem de forma amostral não possuem resultados por escola, mas para as agregações Brasil, Região Geográfica e Unidade da Federação. 

4. Quais são os critérios a serem cumpridos para que os municípios obtenham a divulgação dos resultados?

Conforme os Arts. 20 e 21 da Portaria Inep n.º 366, de 29 de abril de 2019, por etapa avaliada, serão publicamente divulgados os resultados dos municípios e dos estados os quais contenham as escolas mencionadas no Art. 5º, que cumprirem, cumulativamente, os seguintes critérios:

I - registrar, no mínimo, 10 (dez) estudantes presentes no momento da aplicação dos instrumentos;

II - alcançar taxa de participação de, pelo menos, 80% (oitenta por cento) dos estudantes matriculados, conforme dados declarados pela escola ao Censo da Educação Básica 2019, consideradas aqui as informações constantes em sua versão final.

5. Quais as informações disponibilizadas no Boletim da Escola do Saeb?

Os Boletins das Escolas apresentam contextualização e descrição da avaliação; indicadores contextuais (índice de nível socioeconômico e índice de adequação da formação docente); dados da taxa de participação na avaliação; distribuição dos estudantes por nível da escala de proficiência por área; médias de desempenho e comparação de resultado entre edições.

Para verificar o boletim, de modo didático e orientado, acesse o tutorial abaixo:

6. Conteúdo Pedagógico

1. O que é avaliado no Saeb?

Tradicionalmente são avaliadas habilidades em Língua Portuguesa (foco em leitura) e Matemática (foco na resolução de problemas). Na edição do Saeb 2019, serão avaliadas também habilidades em Ciências da Natureza e Ciências Humanas no 9º ano do Ensino Fundamental e as habilidades de Língua Portuguesa e Matemática no 2º ano do Ensino Fundamental.

2. O que são as matrizes de referência?

O termo matriz de referência é utilizado especificamente no contexto das avaliações em larga escala para indicar habilidades a serem avaliadas em cada etapa da escolarização e orientar a elaboração de itens de testes e provas, bem como a construção de escalas de proficiência que definem o que e o quanto o aluno realiza no contexto da avaliação. Essas matrizes reúnem o conjunto de habilidades a serem medidas em cada ano/série a ser avaliado no Saeb e estão disponibilizados no portal do Inep.

3. As matrizes de referência são equivalentes às matrizes curriculares?

As matrizes de referência não podem ser confundidas com as matrizes curriculares, pois não englobam todo o currículo escolar. Também não podem ser confundidas com procedimentos, estratégias de ensino ou orientações metodológicas, pois são um recorte dos conteúdos curriculares estabelecidos para determinada etapa ou ciclo escolar.

4. O que são descritores?

As atuais matrizes de referência de Língua Portuguesa e Matemática estão subdivididas em tópicos ou temas e estes, em descritores.

Cada descritor é uma associação entre conteúdos curriculares e operações mentais desenvolvidas pelos alunos, que traduzem certas competências e habilidades. Os descritores, portanto, especificam o que cada habilidade implica e são utilizados como base para a construção dos itens das diferentes disciplinas. Cada descritor dá origem a diferentes itens e, a partir das respostas dadas, verifica-se quais habilidades os alunos efetivamente desenvolveram.

5. O que cai na prova de Língua Portuguesa?

Os testes de Língua Portuguesa do Saeb tradicional têm como foco a leitura. Seu objetivo é verificar se os alunos são capazes de apreender o texto como construção de conhecimento em diferentes níveis de compreensão, análise e interpretação. Parte-se da proposição de que ser competente no uso da língua significa saber interagir, por meio de textos, em qualquer situação de comunicação.

Os conhecimentos e competências linguísticas esperadas para cada etapa estão indicadas nos descritores da Matriz de Referência de Língua Portuguesa, dividida em 5º e 9º ano do ensino fundamental e 3ª série do ensino médio.

6. O que cai na prova de Matemática?

O conhecimento de matemática no Saeb deve ser demonstrado por meio da resolução de problemas e são consideradas capacidades como: observação, estabelecimento de relações, comunicação (diferentes linguagens), argumentação e validação de processos. A prova estimula formas de raciocínio como intuição, indução, dedução e estimativa. Essa opção traz implícita a convicção de que o conhecimento matemático ganha significado quando os alunos têm situações desafiadoras com as quais lidar e trabalham para desenvolver estratégias de resolução.

Os conhecimentos e as competências matemáticas esperadas para cada etapa estão indicadas nos descritores da Matriz de Referência de Matemática, dividida em 5º e 9º ano do Ensino Fundamental e 3ª série do ensino médio.

7. É possível disponibilizar provas aplicadas em anos anteriores?

Os cadernos de prova e gabaritos do Saeb não são divulgados. Para fins de pesquisa, recomendamos o acesso a questões comentadas e alguns exemplos de itens de provas disponíveis no portal do Inep/Saeb.

Página atualizada em: 29 outubro 2019