Prêmio Inep de Jornalismo 13 de Outubro de 2017

Inscrições abertas para o Prêmio Inep de Jornalismo – Avaliações e Estatísticas Educacionais

O Prêmio Inep de Jornalismo – Avaliações e Estatísticas Educacionais recebe inscrições de trabalhos a partir desta sexta-feira, 13, exclusivamente pela Página do Prêmio, no Portal do Inep. O período de inscrições vai durar um mês, sendo encerrado às 23h59 do dia 13 de novembro. Serão concedidos prêmios em dinheiro no valor total de R$ 135 mil, um patrocínio da Organização dos Estados Iberoamericanos para Educação, a Ciência e a Cultura (OEI).

O objetivo é estimular, divulgar, apoiar, incentivar e prestigiar trabalhos jornalísticos sobre educação; em especial aqueles que abordem os temas das avaliações e estatísticas educacionais, áreas de atuação do Inep. “Queremos contribuir para o melhor entendimento, pela sociedade e pelo poder público, da importância desses instrumentos para o monitoramento e desenvolvimento de políticas públicas assertivas na área de educação”, defende Maria Inês Fini, presidente do Inep.

O prêmio é dividido em três categorias: Avaliações da Educação Básica, Avaliações da Educação Superior e Estatísticas Educacionais. Podem concorrer trabalhos veiculados entre 13 de janeiro de 2017 e 13 de novembro de 2017, nos meios jornal, revista, rádio, televisão, portal, site e blog. Só poderão concorrer os jornalistas com registro profissional válido e cada autor pode inscrever até três trabalhos por categoria.

Inscrições - Para cada trabalho deve ser preenchida uma ficha de inscrição. Não serão aceitas inscrições do mesmo trabalho em categorias diferentes. No caso de reportagens coletivas, a ficha de inscrição deverá ser preenchida com dados de apenas um dos autores da matéria que, para fins de premiação, passa a ser o responsável pelo material inscrito. Há, entretanto, uma área para identificação dos demais autores do trabalho, para devidos créditos.

Trabalhos veiculados em jornais e revistas devem ser disponibilizados, em formato PDF, em algum serviço de armazenamento de conteúdo (Dropbox, Google Drive, OneDrive). Na ficha de inscrição, em campo próprio, deve ser informada a URL da matéria. No caso de série de reportagem, o concorrente deve disponibilizar o conteúdo de cada dia em um link diferente. O formulário de inscrição permite o cadastro de até sete links. As URLs devem estar ativas durante todo o período de realização do prêmio, sob pena de desclassificação. No caso de trabalhos veiculados em rádio e TV, as matérias devem ser disponibilizadas em algum serviço de armazenamento de conteúdo (Vimeo, YouTube). As matérias publicadas em Portal, Site e Blog devem informar a URL original.

Julgamento - A Comissão Julgadora terá sete membros: dois especialistas em Avaliações da Educação Básica, dois especialistas em Avaliações da Educação Superior, dois especialistas em Estatísticas Educacionais e um especialista em Jornalismo Educacional, representando a Associação de Jornalistas de Educação (Jeduca). As matérias serão avaliadas conforme critérios que valorizem a atividade jornalística. Serão pontuados os critérios: atualidade e pertinência do tema, originalidade no tratamento do tema, atratividade na apresentação da informação, coerência no uso dos dados, clareza na apresentação dos fatos.

Premiação – Cada categoria distribuirá um prêmio em dinheiro no valor total de R$ 45 mil, sendo R$ 20 mil para o primeiro colocado, R$ 15 mil para o segundo colocado e R$ 10 mil para o terceiro colocado de cada categoria. Os primeiros colocados em cada categoria também receberão um troféu. Os segundos e terceiros colocados em cada categoria vão receber um certificado. Os vencedores receberão a premiação em solenidade em Brasília (DF), em dezembro de 2017, em data a ser divulgada posteriormente.

CATEGORIAS – PRÊMIO INEP DE JORNALISMO

Avaliações da Educação Básica – Nesta categoria podem concorrer reportagens sobre as avaliações que compõem o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), como a Avaliação Nacional da Educação Básica (Aneb), a Avaliação Nacional do Rendimento Escolar (Anresc) ou Prova Brasil, e a Avaliação Nacional da Alfabetização (ANA); o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). Nessa categoria também podem ser inscritas as reportagens sobre o Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa) e o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Avaliações da Educação Superior – Nesta categoria podem concorrer reportagens sobre o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade); a Avaliação Nacional Seriada dos Estudantes de Medicina (Anasem); o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeiras (Revalida); além de reportagens sobre o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) em si, e os Indicadores de Qualidade da Educação Superior.

Estatísticas Educacionais – Nesta categoria podem concorrer reportagens sobre o Censo da Educação Superior e o Censo Escolar; além de reportagens sobre as iniciativas de educação comparada, como a Pesquisa Internacional sobre Ensino e Aprendizagem (Pesquisa Talis) e o relatório Education at a Glance (EaG).

Clique aqui para se inscrever