Ações internacionais 26 de Novembro de 2019

Inep finaliza aplicação do Estudo Regional Comparativo e Explicativo (Erce) no Brasil

A quarta edição do Estudo Regional Comparativo e Explicativo (Erce) foi realizada de 4 a 19 de novembro em todas as unidades da Federação. As provas e os questionários de fatores associados foram aplicados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) em 294 escolas, contando com a participação de 10.160 estudantes do 4º e 7º ano do Ensino Fundamental.

Os resultados do Erce visam reunir evidências para avaliar o desempenho dos estudantes de 18 países da América Latina e Caribe, identificando se estão aprendendo o conteúdo previsto nos planos educativos de cada país. Os dados ajudarão a explicar as circunstâncias que afetam o aprendizado das crianças na região.

Os estudos comparativos tomam como ponto de partida os resultados dos estudantes em provas de leitura e escrita, matemática e ciências da natureza, essa última exclusiva para o 7º ano. Já os questionários permitem identificar fatores familiares e da própria escola que podem ajudar a explicar os resultados das provas. Por esse motivo, professores, diretores e até mesmo as famílias dos estudantes respondem a questionários.

As provas ocorrem sempre no final do ano letivo em cada país. Na América Central e Caribe as provas ocorreram em maio, na América do Sul a aplicação se concentrou no segundo semestre. Participaram do Erce, em 2019: Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, El Salvador, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana e Uruguai. 

Erce – O Estudo Regional Comparativo e Explicativo (Erce) é uma avaliação internacional que tem como finalidade medir a qualidade da educação no ensino fundamental na América Latina e Caribe a partir de provas e questionários aplicados a uma amostra de estudantes. No Brasil, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) é o responsável pela aplicação do Erce, do qual participa desde a primeira edição, em 1997.

Anteriormente, e dependendo da edição, a avaliação era chamada de Perce, Serce e Terce. Os estudos são realizados de maneira escalonada, de modo a produzir dados cronologicamente comparáveis. O Erce é uma realização da Unesco, por meio de seu Laboratório Latino-americano de Avaliação da Qualidade da Educação (LLECE), vinculado à Oficina Regional da Unesco para a América Latina e o Caribe (OREALC/Unesco).

Veja outras informações do Erce