Censo Escolar 13 de Dezembro de 2019

Indicadores de fluxo escolar apontam queda na evasão para ensino fundamental e médio

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) atualizou os indicadores de fluxo escolar de estudantes da educação básica brasileira até a transição 2016/2017 (2016). Os números revelam melhoria nos indicadores que avaliam a permanência dos alunos no sistema educacional, em comparação com ao último dado publicado (2014).

A taxa de evasão no último segmento do ensino fundamental caiu de 5% para 4,3%, na transição dos anos 2016 e 2017. Para o mesmo período, no ensino médio passou de 11,1% para 9,1%. Nos anos iniciais do ensino fundamental, a taxa de repetência passou de 7,4% em 2014 para 7,1% em 2016 e a evasão escolar caiu 0,1%, atingindo 1,5% em 2016.

EJA - A migração da modalidade regular para a educação de jovens e adultos (EJA) permanece praticamente estável no ensino fundamental e segue como a mais expressiva nas etapas finais, alcançando 2,8% no 7º ano, 3,1% no 8º ano e 2,3% no 9º ano. No ensino médio, a tendência é de elevação dessa taxa, que atinge 3,2% na 1ª série do ensino médio.

Rendimento e fluxo escolar – Os indicadores de rendimento escolar se referem à situação do aluno ao final de um período letivo, sendo apurado diretamente pelo Censo Escolar. Três condições são possíveis ao aluno: ser aprovado ao final do ano letivo, ser reprovado ou ter abandonado a escola durante aquele ano. Já os indicadores de fluxo escolar avaliam a transição do aluno entre dois anos consecutivos considerando os seguintes cenários possíveis: promoção, repetência, migração para EJA e evasão escolar.

Indicadores de fluxo escolar – Os indicadores são calculados com base em uma metodologia de acompanhamento longitudinal da trajetória dos estudantes e avaliam a transição do aluno entre dois anos consecutivos. É preciso aguardar a consolidação do vínculo dos alunos no último Censo Escolar. Por isso, é preciso aguardar o resultado do censo de 2019 para obter o indicador para o ano de 2017, que corresponde à transição 2017/2018. A atualização, portanto, considera os dados do Censo Escolar 2018 os mais atuais disponíveis para a transição 2016/2017.

Os resultados dos indicadores de fluxo possibilitam acompanhar o desempenho das redes de ensino de todo o território nacional, por etapa de ensino, do 1º ano do ensino fundamental ao final do ensino médio. As informações completas por etapa de ensino, por estado, município e redes de ensino podem ser consultadas na aba de dados abertos do portal do Inep, em Indicadores Educacionais.

Consulte os indicadores de fluxo escolar