Celpe-Bras 09 de Julho de 2020

Inep publica documento-base do exame para Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) publicou, nesta quarta-feira, 8 de julho, o documento-base do exame para Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros (Celpe-Bras). O objetivo é oferecer aos participantes, aos professores de língua portuguesa para estrangeiros e aos pesquisadores da área um instrumento para apresentar o modelo teórico do exame e a sua operacionalização nas partes escritas e oral.

O documento inédito, elaborado pela Diretoria de Avaliação da Educação Básica do Inep, possui 135 páginas e uma ampla explicação sobre todo o processo do exame, como o marco legal; o referencial teórico; a estrutura do exame e os parâmetros de avaliação; os quadros de referência; a descrição dos níveis de proficiência; e o processo de avaliação e confiabilidade.

Segundo Carlos Roberto Pinto de Souza, diretor de Avaliação da Educação Básica, o objetivo é que o documento-base do Celpe-Bras possa contribuir para a disseminação e a valorização do exame, bem como para a promoção do ensino de português para estrangeiros no Brasil e no exterior. “O Celpe-Bras reúne pessoas interessadas na cultura brasileira em todo o mundo, seja como objeto de estudo, seja como oportunidade de transformar suas vidas. Assim, a finalidade do documento é facilitar o entendimento das particularidades da certificação da proficiência em língua portuguesa para estrangeiros realizada pelo Inep, explicando como o instrumento de certificação é elaborado”, justificou.

Celpe-Bras – O exame para obtenção do Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros é o meio oficial brasileiro para certificar proficiência em português como língua estrangeira. É aplicado, semestralmente, no Brasil e no exterior pelo Inep, com apoio do Ministério da Educação (MEC) e em parceria com o Ministério das Relações Exteriores. As provas são realizadas em postos aplicadores: instituições de educação superior, representações diplomáticas, missões consulares, centros e institutos culturais, além de outras instituições interessadas na promoção e na difusão da língua portuguesa.

Com uma história de mais de 20 anos, o Celpe-Bras foi, inicialmente, desenvolvido por uma equipe de especialistas instituída pelo MEC e passou a ser atribuição do Inep a partir do segundo semestre de 2009. Desde o início, é o único certificado de proficiência em língua portuguesa reconhecido pelo governo brasileiro.

Acesse o documento-base do Celpe-Bras