Celpe-Bras 05 de Junho de 2020

Postos aplicadores do Celpe-Bras devem informar número de vagas ao Inep até o dia 12

Depois de regulamentar critérios para o credenciamento de postos aplicadores do exame para obtenção do Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros (Celpe-Bras) 2020, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) trabalha agora na articulação com os coordenadores dos postos de aplicação do Celpe-Bras no Brasil e no exterior. O objetivo é disseminar as ações planejadas para aperfeiçoamento da aplicação e estruturar as próximas etapas do exame, que neste ano deve ter edição única. Até o dia 12 de junho, os coordenadores devem formalizar sua adesão via sistema, atualizar os dados e informar ao Inep o número total de vagas disponibilizadas em seu posto. O edital completo do exame, com datas de inscrições, provas e detalhamento de medidas e procedimentos, deve ser publicado no próximo mês.

Neste ano, além do processo constante de aprimoramento das aplicações do Inep, a pandemia de COVID-19 impõe o desafio mundial pela busca das melhores soluções logísticas e pedagógicas na implementação do Celpe-Bras. Assim, todos os materiais administrativos e os processos para capacitação a distância de aplicadores, avaliadores, coordenadores e demais colaboradores foram aperfeiçoados, com atualização de procedimentos. O sistema de inscrição dos participantes e o sistema administrador para acesso pelos postos aplicadores também foram aprimorados.

Parcerias – O Celpe-Bras é o exame brasileiro oficial para certificar proficiência em língua portuguesa e é coordenado pelo Inep, com apoio do Ministério da Educação e do Ministério das Relações Exteriores. A definição do cronograma do exame e a produção dos materiais administrativos, avaliativos e informativos são atribuições do instituto, assim como a disponibilização de sistema eletrônico para credenciamento dos postos e para realização das inscrições e do exame. A elaboração e a revisão contínua do curso de formação técnico-pedagógica in loco para credenciamento de postos aplicadores do Celpe-Bras são realizadas pela equipe pedagógica do Inep. A aplicação é feita por postos credenciados pela autarquia, que são, obrigatoriamente, instituições ligadas ao ensino da língua portuguesa para estrangeiros – como instituições de educação superior, missões consulares, centros e institutos culturais.

Cabe aos coordenadores a atualização dos dados de seu posto no sistema e o registro do número de vagas oferecidas no local. Também é de responsabilidade dos coordenadores de posto a futura homologação das inscrições realizadas e, posteriormente, o agendamento de data, horário e local das provas escrita e oral, respeitando o período de aplicação estabelecido em edital pelo Inep. 

Provas – As provas são constituídas por uma parte escrita, que avalia a compreensão oral e escrita e a produção textual, por meio de tarefas redigidas em língua portuguesa; e uma parte oral (interação face a face), que avalia a compreensão e a produção orais da língua. A proficiência é avaliada a partir do desempenho do participante nas duas partes. Isso inclui práticas de uso da língua portuguesa que possam ocorrer no cotidiano de um estrangeiro que pretende interagir em português, no Brasil. No ano passado, o Inep realizou o Celpe-Bras para 8.173 participantes, com emissão de 7.966 certificados. As provas foram aplicadas em 38 países da África, da América, da Ásia e da Europa e em 20 unidades da Federação.

Confira a portaria que dispõe sobre credenciamento e procedimentos para a realização do Celpe-Bras