Revalida 19 de Novembro de 2018

Inep finaliza segunda etapa do Revalida 2017

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) concluiu no final de semana passado, 17 e 18 de novembro, a última etapa do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeira (Revalida) 2017. Ao todo 947 médicos participaram das provas realizadas em cinco capitais brasileiras: Brasília (DF), Curitiba (PR), São Luís (MA), Manaus (AM) e Belo Horizonte (MG). Os resultados estão previstos para serem divulgados a partir de fevereiro de 2019.

A aplicação da 2° etapa do Revalida 2017, prova prática de habilidades clínicas, contou com a implementação de novidades como: a utilização de sistemática de aplicação que contemplou a realização das montagens e capacitações específicas facilitando a melhoria da qualidade da aplicação;  a utilização de tablets para a avaliação dos participantes, o que eliminou a atividade de auditoria e permitiu o acompanhamento da avaliação em tempo real; dupla filmagem da execução das estações, de forma que os vídeos possam ser utilizados para a realização de uma avaliação, garantindo também ao participante a visualização desses vídeos em casos de interposição de recursos. O objetivo é garantir melhoria na qualidade da aplicação do Exame.

Revalida – O Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeira (Revalida) subsidia os processos de revalidação, feito por determinadas universidades públicas, dos diplomas de médicos que se formaram no exterior. O Revalida é direcionado aos médicos estrangeiros e brasileiros que se graduaram em outro país e querem exercer a profissão no Brasil. Para participar é preciso ser brasileiro ou estrangeiro em situação legal de residência no Brasil, e ter diploma médico expedido por instituição de ensino superior estrangeira, reconhecida no país de origem pelo seu ministério da educação ou órgão equivalente, e autenticado pela autoridade consular brasileira.