Ações internacionais 26 de Março de 2015

Inscrições do Encceja no exterior vão até 15 de abril

Estão abertas até 15 de abril as inscrições para o Exame Nacional de Certificação de Competências (Encceja) de 2015. O exame é destinado a brasileiros residentes no exterior e que não puderam concluir os estudos na idade apropriada. No Japão, em específico, está aberto também, a partir desta segunda-feira, 30, o exame para o cadastro de pessoas privadas de liberdade (Encceja PPL).

Organizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o Encceja Exterior terá provas em Ota, Hamamatsu e Nagoia, no Japão. Na Europa, o exame será realizado em Portugal, Bélgica, Espanha, Reino Unido e Suíça. Nas Américas do Sul e do Norte, os inscritos farão prova na Guiana Francesa e nos Estados Unidos, respectivamente. A aplicação do exame nesses países será realizada pelas representações diplomáticas brasileiras locais, em parceria com o Inep.

As datas de realização das provas variam conforme a etapa da educação básica. Para o ensino fundamental, o exame está previsto para 30 de maio, nos turnos matutino e vespertino. Para o ensino médio, em 31 de maio, também pela manhã e à tarde.

Os resultados do Encceja no exterior permitem ao candidato obter a certificação de conclusão dos ensinos fundamental e médio. Para concorrer ao certificado de conclusão do ensino fundamental é preciso ter no mínimo 15 anos completos na data de realização das provas. Quem pretende obter o certificado do ensino médio deve ter a idade mínima de 18 anos completos nada data de realização do Encceja.

Aqueles que já participaram de edições anteriores (2011, 2013 ou 2014) devem informar o número do passaporte para fins de certificação.

Aos brasileiros que não dispuserem de acesso à internet serão liberados computadores para realização das inscrições nos consulados descritos no edital do exame. Os gabaritos das questões objetivas serão divulgados na página do Inep na internet até o décimo dia útil seguinte ao dia de realização do exame.

PPL — A inscrição dos submetidos a penas privativas de liberdade no Japão ficará a cargo do responsável no Consulado-Geral em Tóquio. Ele terá de verificar se o participante preenche todos os requisitos exigidos para o exame. O período para cadastramento no sistema será de 30 de março até 15 de abril, por meio eletrônico. As provas do PPL serão realizadas no período de 1º a 12 de junho, em unidades prisionais da jurisdição do Consulado-Geral em Tóquio.

Áreas — Para o nível de ensino fundamental haverá quatro provas objetivas, com 30 questões cada uma, nas áreas de conhecimento:

  • Língua portuguesa, língua estrangeira moderna, artes, educação física e redação (linguagens, códigos e suas tecnologias).
  • Matemática.
  • História e geografia.
  • Ciências naturais.
  • Para o ensino médio, nas áreas de:
  • Linguagens, códigos e suas tecnologias e redação.
  • Matemática e suas tecnologias.
  • Ciências humanas e suas tecnologias.
  • Ciências da natureza e suas tecnologias.

Mais informações sobre o Encceja no exterior e para os privados de liberdade no Edital do Inep nº 3, de 25 de março de 2015, publicado no Diário Oficial da União desta quinta-feira, 26.

As inscrições devem ser feitas na página do exame na internet.

Ruane Santos