Encceja 15 de Junho de 2011

Resultados do Encceja no Japão sairão no segundo semestre

Os resultados do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos, Encceja, no Japão, cujas provas foram realizadas nos dias 14 e 15 de maio, serão divulgados a partir do segundo semestre de 2011. Para saber a nota, os participantes deverão acessar os boletins individuais de resultados no endereço eletrônico http://sistemasencceja2.inep.gov.br/exterior. No momento da consulta é necessário ter em mãos o número da inscrição e a senha, gerada no ato da inscrição.

O Encceja no Japão proporciona aos brasileiros que residem no país oriental, temporariamente, a oportunidade de obter a certificação equivalente ao ensino fundamental (15 anos completos) ou médio (18 anos completos). As provas foram elaboradas na língua portuguesa e avaliaram conhecimentos da norma culta e do uso das linguagens matemática, artística e científica.

Apesar dos terremotos que atingiram o País em março deste ano, a segurança na aplicação do exame foi garantida. De acordo com a equipe do Inep responsável pela elaboração do exame, as provas ocorreram com tranquilidade em três cidades japonesas escolhidas para a aplicação das provas: Hamamatsu, Nagoia e Ota. O participante que conseguir atingir 100 pontos em cada disciplina escolhida poderá pleitear a certificação.

Em Hamamatsu, no sábado (14), dia da aplicação de prova para o ensino fundamental, houve um índice de 33,4% de presença nas provas de Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes e Educação Física, Redação e Ciências Naturais. Pela parte da tarde, 33,3% fizeram as provas de história e Geografia e 26,5% dos inscritos realizaram a prova de Matemática. No segundo dia de prova, 200 inscritos nas provas de Linguagens e suas Tecnologias estiveram presentes pela manhã para as provas de certificação no ensino médio. A prova de Ciências Humanas e suas Tecnologias teve 193 participantes. Na parte da tarde, 205 pessoas compareceram para a prova de Matemática e suas Tecnologias e 208 para a de Ciências da Natureza e suas Tecnologias.

Na cidade de Nagoia, 73 interessados em se certificar no ensino fundamental compareceram para a realização das provas no primeiro dia. No segundo dia, com um índice de 49% de presença, mais de 370 candidatos à certificação no ensino médio fizeram o Encceja.

Em Ota, cidade que substituiu Oizumi na aplicação, 126 pessoas compareceram para as provas da parte da manhã de sábado. Na parte da tarde, os interessados em se certificar em História e Geografia e Matemática chegaram a mais de 60. No segundo dia de prova, para o ensino médio, cerca de 220 pessoas pleitearam a certificação em Linguagens e Ciências Humanas, no turno matutino. À tarde, cerca de 240 pessoas fizeram as provas de Matemática e Ciências da Natureza.

Segundo o Itamaraty, mais de 255 mil brasileiros vivem no Japão. Entre os inscritos ao exame, estavam os privados de liberdade.

Exame - O Encceja é uma oportunidade para aqueles que não conseguiram concluir os estudos na idade regular. Para fazer a prova, o candidato deve ter, no mínimo, 15 anos para o ensino fundamental e 18 para o ensino médio. Para o ensino fundamental será proposto um tema para redação e serão aplicadas quatro provas objetivas, cada uma com 30 questões de múltipla escolha: Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes, Educação Física e Redação; Matemática; História e Geografia; Ciências Naturais.

Para certificação no ensino médio também deverá ser feita uma redação e quatro provas objetivas, cada uma com 30 questões de múltipla escolha, nas seguintes áreas de conhecimento: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Redação; Matemática e suas Tecnologias; Ciências Humanas e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias.

Os participantes que alcançarem a pontuação mínima exigida receberão certificado – de ensino fundamental ou de ensino médio.

Assessoria de comunicação do Inep/MEC