Censo Escolar 13 de Junho de 2006

Inep amplia consulta aos dados do Censo Escolar 2005

Informações do Censo 2005 estão disponíveis no sítio do Inep e ajudam a traçar o retrato completo da educação básica no País

Desde janeiro deste ano, a sociedade pôde acompanhar pela página do Inep a distribuição das cerca de 56,5 milhões de matrículas na educação básica brasileira, em cada um dos níveis e modalidades de ensino, nas redes pública e privada, em todos os municípios do País. Agora, quem consultar o sítio (http://www.inep.gov.br/basica/censo/Escolar/resultados.htm) da instituição também vai encontrar as informações consolidadas sobre estabelecimentos, número de turmas, funções docentes e transporte escolar. Também está disponível, para cada uma das unidades da Federação, os dados sobre a educação em área rural e urbana, alunos aprovados, reprovados, concluintes e matrículas por faixa etária, sexo, série, turno e, pela primeira vez, cor/raça. Todas as informações estão disponibilizadas nas etapas de educação infantil, ensino fundamental, ensino médio, e nas modalidades regular, educação especial, educação profissional e educação de jovens e adultos.

Os números do Censo 2005 evidenciam a magnitude da cobertura do atendimento público na educação, mostrando que mais de 86% dos alunos da educação básica estudam em estabelecimentos municipais ou estaduais. Também é possível identificar a predominância das matrículas em área urbana (86,4% do total), ainda que, dos 207 mil estabelecimentos escolares existentes na educação básica em 2005, 53,4% se concentrem na zona urbana e 46,6% na zona rural.

Os resultados do Censo Escolar de 2005 também revelam que, dos 81,9% dos alunos que responderam ao quesito cor/raça, 46,1% declararam-se pardos, 41,6% brancos, 10,0% pretos e o restante, 2,4% , amarela e indígena. É a primeira vez que esse quesito aparece no questionário do Censo Escolar, com alternativas definidas pelos critérios do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE): branca, preta, parda, amarela e indígena. O dado foi obtido mediante documento comprobatório, autodeclaração do aluno (quando maior de 16 anos) ou por declaração do responsável.

As Secretarias Municipais e Estaduais de Educação são responsáveis pelas etapas de coleta, digitação e tabulação dos dados, enquanto o Inep, por intermédio de sua Diretoria de Estatísticas da Educação Básica (DEEB), coordena todo o processo de operacionalização do Censo Escolar em conjunto com os demais atores envolvidos. Clique aqui (http://www.inep.gov.br/basica/censo/Escolar/resultados.htm) para conferir os dados completos.

Assessoria de Imprensa do Inep