Censo Escolar 19 de Fevereiro de 2003

Inep realiza capacitação para coleta do Censo Escolar 2003

Levantamento que acontece a partir do dia 26 de março deve abranger cerca de 214 mil escolas e 55 milhões de estudantes

Representantes das Secretarias Estaduais de Educação, das Secretarias Municipais das capitais de Estado e da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) começaram hoje, 19, a participar da capacitação para a coleta de dados do Censo Escolar 2003. Até o próximo dia 21, cerca de 120 técnicos estarão recebendo orientação e debatendo todo o processo de levantamento de informações, que abrange cerca de 214 mil escolas públicas e privadas de todo o País e um contingente de 55 milhões de alunos em todos os níveis e modalidades de ensino da educação básica.

Realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep/MEC), o encontro tem como objetivo treinar multiplicadores que deverão repassar para os municípios e os estados as informações necessárias ao preenchimento do formulário do Censo. O presidente do Inep destacou, na abertura do evento, a necessidade de parceria para uma educação que atenda de forma mais justa e equânime todos os setores da sociedade, principalmente os menos favorecidos. "O ponto em comum que todos nós temos aqui é a luta pela educação em nosso País".

A coleta do censo escolar tem início no dia 26 de março e vai até o final de abril. A divulgação dos resultados preliminares acontece até o final de agosto, e, após isso, é aberto um período para o recebimento de recursos. Este ano, pela primeira vez, o treinamento também vai tratar da apresentação desses recursos, dentro do que está previsto na legislação.

Na abertura do curso de capacitação, realizado no auditório da Finatec, no campus da Universidade de Brasília (UnB), além do presidente do Inep, também estiveram presentes Adeum Hilário Sauer, presidente nacional da Undime, Luiz Araújo, diretor de Estatísticas da Educação Básica, e Max Ordonez Fernandes de Souza, coordenador-geral do Censo Escolar.

Assessoria de Imprensa do Inep