Censo Escolar 29 de Janeiro de 2009

Situação do aluno deve ser informada até março pelas escolas

Começa nesta segunda-feira, dia 2 de fevereiro, e prossegue até o dia 15 de março, a coleta de dados sobre a movimentação (transferência ou abandono) e o rendimento (aprovação ou reprovação) dos alunos da Educação Básica no final no ano letivo de 2008. Essas informações, que caracterizam a situação do aluno, são complementares ao Censo Escolar da Educação Básica. A coleta inicial do Censo usa como referência de data a última quarta-feira do mês de maio, pois o foco é sobre as matrículas. Já as informações sobre a situação do aluno são coletadas no ano posterior.

Todos os anos as escolas devem informar a situação do aluno. A aprovação e a reprovação fazem parte do cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, o Ideb, que é divulgado a cada dois anos e expressa, em valores, os resultados mais importantes na educação, que são a aprendizagem e o fluxo escolar. As escolas que não informam ao Inep a situação de seus alunos ficam fora dos indicadores educacionais e, conseqüentemente, sem Ideb.

As informações deverão ser prestadas, pela Internet, por todas as escolas de educação básica, tanto as da rede pública quanto as da rede privada. O informante do Censo de cada escola deverá abrir a página eletrônica do Inep (www.inep.gov.br) e acessar o hotsite que estará disponível a partir do dia 2 de fevereiro com um sistema para coleta desses dados. O login e a senha para informar a situação do aluno são os mesmos usados para preencher as informações sobre o Censo Escolar. Caso o gestor não tenha senha ou login para acessar o sistema Educacenso (http://www.educacenso.inep.gov.br/), deverá entrar em contato com a coordenação estadual do Censo Escolar.

Assessoria de Imprensa do Inep