Encceja 05 de Agosto de 2018

Inep aplica Encceja 2018 para adolescente hospitalizado

Reforçando sua Política de Acessibilidade, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia vinculada ao Ministério da Educação, aplicou o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) dentro do Pronto Socorro Infantil da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, na capital paulista. A aplicação em classe hospitalar pode não ser uma novidade no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), também realizado pelo Inep, mas não está prevista no edital do Encceja. A aplicação foi uma decisão da Comissão de Demandas do Inep, que avalia casos de participantes que precisam de algum recurso diferenciado para que lhes seja garantido o direito à educação.

Lucas Gabriel Barbosa dos Santos está hospitalizado desde que nasceu, há 19 anos. Ele é portador da Doença de Pompe, um distúrbio neuromuscular hereditário e raro que causa fraqueza muscular progressiva e pode acometer pessoas de todas as idades. Lucas não consegue respirar sozinho: precisa da ajuda de aparelhos respiratórios. Para fazer a prova do Encceja ele também está recebendo auxílio para transcrição, um dos recursos de acessibilidade disponibilizados pelo Inep em todos os seus exames e avaliações. Nesse recurso, um ledor/transcritor, profissional capacitado para transcrever as respostas das provas objetivas e a redação, auxilia o participante.

Há quatro meses Lucas se prepara para as provas do Encceja com ajuda de outros estudantes, voluntários da Santa Casa. O sonho pelo Certificado do Ensino Médio é apenas o primeiro passo para um sonho maior: ser físico como Stephen Hawking. Um dos mais consagrados pesquisadores do século, Hawking era famoso pela sua produção científica, mas também pela condição física, consequência da Esclerose Lateral Amiotrófica, doença degenerativa que paralisa os músculos do corpo sem, no entanto, atingir as funções cerebrais. É por acreditar no potencial de pessoas como Stephen Hawking e Lucas que o Inep seguirá ampliando e melhorando sua oferta de atendimento especializado, específico e por nome social, assim como seus recursos de acessibilidade.