Encceja 05 de Agosto de 2018

Participantes que faltaram ao Encceja 2018 no turno da manhã ainda podem fazer as provas da tarde

As provas do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2018 são aplicadas neste domingo, 5 de agosto, em dois turnos. Os participantes que faltaram pela manhã ainda podem fazer as provas da tarde, que começam às 15h30. Isso porque o Encceja permite a emissão de dois documentos: o Certificado de Conclusão do Ensino Fundamental/Ensino Médio; ou a Declaração Parcial de Proficiência. O participante que conseguir a nota mínima em uma área do conhecimento, portanto, terá a declaração parcial. Conseguir proficiência nas quatro áreas significa obter o Certificado.

As provas da tarde têm 5 horas de duração. Serão aplicadas: Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes, Educação Física, História e Geografia, para o Ensino Fundamental; e Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Ciências Humanas e suas Tecnologias, para o Ensino Médio. Os portões são abertos com uma hora de antecedência e fechados quinze minutos antes da prova.

Ao todo, 356.326 participantes se inscreveram com o objetivo de conquistar o certificado do Ensino Fundamental. A maioria, 1.339.281 participantes, está em busca do certificado do Ensino Médio. O Encceja é destinado a jovens e adultos que não tiveram a oportunidade de concluir seus estudos na idade apropriada para cada nível de ensino. Para tentar a Certificação de Conclusão do Ensino Fundamental é necessário ter 15 anos completos até a data de aplicação do Exame e para o Ensino Médio, 18 anos.

Justificativa de ausência – O Encceja é um Exame gratuito, integralmente custeado pelo Governo Federal. Em 2017, 56,9% dos inscritos faltaram à aplicação no turno matutino e 59,7%, no vespertino. Para tentar diminuir a abstenção, e consequentemente o gasto público desnecessário, o Ministério da Educação e o Inep exigirão documentos que justifiquem a ausência para aqueles participantes que não comparecerem em 2018 e quiserem participar em 2019. Se não tiver como justificar a ausência, o participante deverá ressarcir ao Inep o custo gasto com ele no Encceja 2018 acrescido da correção do IPCA 2018 quando for se inscrever para o Encceja 2019.