Provinha Brasil 12 de Fevereiro de 2014

Escolas recebem este mês testes de linguagem e matemática

As escolas que atendem estudantes do segundo ano do ensino fundamental público recebem, até o fim deste mês, os testes de linguagem e matemática da Provinha Brasil e o guia que orienta os professores a aplicar, corrigir e interpretar os resultados. Cerca de três milhões de estudantes devem fazer as provas, que são elaboradas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

A Provinha Brasil 2014 tem 20 testes de linguagem e 20 de matemática. A orientação do Inep é que as provas sejam aplicadas em sequência – português em um dia e, logo no seguinte, matemática. A avaliação ocorre duas vezes por ano, sendo uma no começo do período letivo e outra ao final, para medir a evolução do estudante. No caso das primeiras provas, o Inep também recomenda que a aplicação ocorra no mês de março.

De acordo com a Coordenação de Instrumentos e Medidas da Diretoria de Avaliação da Educação Básica, mesmo que o professor ou o aplicador dos testes na escola já tenha experiência com a provinha, é importante que leia o guia. O documento contém, por exemplo, um roteiro que deve ser seguido pelo aplicador: o número de questões que o professor deve ler na íntegra para os estudantes responderem; o número de testes que o professor só deve ler em parte e a criança lê o restante; e uma parte da prova que deve ser lida totalmente pelo aluno.

A Provinha Brasil é um instrumento do qual a escola, a coordenação pedagógica e o professor dispõem para realizar o diagnóstico do aprendizado das crianças que cursam o segundo. Sua aplicação não é obrigatória. Os testes começaram em 2008, com uma edição anual. Em 2011, o Inep criou a provinha de matemática e, desde 2012, as duas provas são aplicadas no início e no fim do ano letivo.

Com informações da Assessoria de Comunicação Social do MEC