Encceja 27 de Setembro de 2019

Encerrada aplicação para brasileiros que cumprem medidas de privação de liberdade no exterior

O período de aplicação do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos residentes no exterior submetidos a Penas Privativas de Liberdade (Encceja Exterior PPL) foi finalizado nesta sexta-feira, 27 de setembro. O exame foi realizado em Tóquio, no Japão, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), em parceria com o Ministério das Relações Exteriores.

O Inep prepara a aplicação do Encceja Nacional PPL, que acontece nos dias 8 e 9 de outubro. Esta modalidade é destinada a adultos que cumprem, no Brasil, penas privativas de liberdade e a jovens sob medida socioeducativa. Ao todo, são aproximadamente 97 mil inscritos. As provas serão aplicadas em parceria com o Ministério da Justiça, por meio do Departamento Penitenciário Nacional (Depen).

“O exame é uma nova oportunidade de jovens e adultos obterem o certificado de conclusão de ensino, seja fundamental ou médio. O Encceja Nacional teve recorde de participantes presentes este ano, com 1.185.945 inscritos, o que representa um aumento de 45% em relação à edição do ano passado”, destacou o diretor de Gestão e Planejamento do Inep, Alfredo Murillo Gameiro de Souza.

Idade – Para participar de qualquer modalidade do Encceja, é preciso ter, no dia da prova, pelo menos 15 anos de idade, no caso de quem busca a certificação do ensino fundamental; e 18 anos completos, para os querem obter a certificação do ensino médio.

Encceja Exterior – O Inep aplicou as provas para 1.812 inscritos em 18 cidades de 12 países, no dia 15 de setembro. O gabarito estará disponível nos próximos dias. A avaliação transcorreu dentro da normalidade e sem ocorrências significativas nos locais de aplicação. Realizaram o exame jovens e adultos brasileiros que não concluíram os estudos na idade apropriada e moram em outro país.

Conheça a página do Encceja